Tag Archives: E-book

Opinião: Atonement (Versão Inglesa)

tumblr_inline_n1cgbxIdJg1qbh0o1

Atonement, de Ian McEwan, é um livro curioso, mesmo antes de o abrir sabia que iria ser um desafio para o ler.

E nem tudo começou bem, ao descobrir que, por exemplo, em Portugal a tradução estava mal feita no final derradeiro (ver aqui) mas felizmente li a versão original, um hábito que tento manter quando entendo as Línguas escritas.

Outro factor: o filme. Vi-o em 2007 e adorei a história… com excepção do final (que não vou revelar).

Foi então nesta relação de amor-ódio que decidi ler finalmente o livro após ler óptimas críticas de amigos. Queria, de certa forma, dar a derradeira chance à história pois mesmo num filme imperfeito esta tinha-me deixado completamente apaixonado.

Atonement conta então a história de uma família Inglesa que tem início no Verão de 1935 e termina em 1999, focando-se em Briony Tallis, uma jovem que gosta de escrever peças de teatro e que observa o seu redor com detalhe numa tentativa de encaixar na sua mente uma visão absoluta do seu mundo. É este um dos pontos de partida do romance, dividido em três partes, pois Briony vê a sua irmã Cecillia a deixar-se levar pelos encantos de Robbie Turner, um rapaz protegido da família. O autor dá-nos ambas as perspectivas, a de Briony que os vê ao longe desde a janela do seu quarto; e a perspectiva real deles mesmos.

É precisamente pela diferença dessas perspectivas que Briony, num impulso só mais tarde compreendido, acusa Robbie de um crime que ele não se consegue defender sendo, por isso, enviado para a Grande Guerra e afastado de Cecillia, o objectivo primeiro de Briony.

É nesta encruzilhada de histórias e emoções que a história se desenvolve com imensos pensamentos sobre o amor, o desejo e, claro está, a expiação. São estes os momentos que enriquecem o romance dado que alinhados com a história elevam-na para patamares de profundidade e introspecção raras.

E, sim, o final do livro funciona muito melhor que no filme.

Nota: 5/5

GoodReads Link

 

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Inglês, Opinião, Romance

Barnes & Noble Abandona Fabrico Do Nook Color

barnes-and-noble-nook-and-books

Embora tenha pouco expressão no mercado nacional, a Barnes & Noble decidiu descontinuar o fabrico do seu tablet Nook Color. Aquela que é um dos gigantes do mercado livreiro mundial decidiu assim abandonar o mercado de hardware dos tão desejados tablets universais. A decisão é justificada pela perda acentuada dos lucros da empresa que não conseguiu rentabilizar o seu negócio de eReaders. A Barnes & Noble irá assim criar parcerias com outras empresas já dentro do mercado de forma a manter os modelos Nook Color.

Podem ler a história completa aqui: WSJ.

Nota: Artigo editado para emendar a notícia, a empresa abandonou o fabrico do seu modelo tablet mas não dos seus eReaders. Obrigado à Cat SaDiablo pela chamada de atenção.

1 Comentário

Filed under eReader, Outro

Dica: Site de Comparação eReaders – Reader Rocket

Captura de ecrã 2013-04-19, às 17.36.56

Se por alguma razão ainda não se decidiu quanto ao seu eReader de eleição e se, tal como eu, anda a ler críticas por vários sites e a ver vídeos de comparação entre estes gadgets então este novo site é uma mais-valia para quem quiser conhecer e comparar os vários eReader do mercado de forma sucinta. O site chama-se Reader Pocket.

Captura de ecrã 2013-04-19, às 17.37.16

Aqui, e apenas a nível de exemplo, mostro a comparação entre o Kobo Glo e o Kindle Paperwhite, modelos que mereceram a minha atenção quando me decidi a comprar um eReader com iluminação este mês.

Captura de ecrã 2013-04-19, às 17.37.27

 De notar que os termos de comparação são baseados no mercado norte-americano (leia-se: diferenças no preço) mas, mesmo assim, conseguimos  ter de forma simplificada um resumo das mais importantes características de vários eReaders, incluíndo vantagens entre um e outro. Cada gadget tem  também a sua crítica individual que, tal como as comparações, apostam no elemento gráfico e fácil de apresentação.

Captura de ecrã 2013-04-19, às 17.37.38

Sem nunca substituir o detalhe das críticas em blogues e vídeos, é uma excelente ferramenta que resume as características mais importantes de dezenas de eReaders.

Passem por lá.

Deixe um comentário

Filed under eReader, Inglês

Opinião eReader: Kobo Glo

20130415-201322.jpgFoi com alguma relutância que entrei no mundo dos eReaders. Nada me enche a vista neste mundo dos livros como ver uma bela estante cheia deles.

Mas a verdade é que, tal como noutros mundos culturais, também o digital chegou para ficar nas livrarias de todo o mundo. E eis que eu, um pouco tarde até, diria, decidi entrar nele.

E então comprei o Kobo Glo:
20130415-201334.jpg

Trata-se de um eReader de nova geração, com um melhor processador e melhor ecrã. Este em particular possui também uma excelente e prática funcionalidade: o ecrã ilumina-se! Foi este um dos factores decisivos que me fez finalmente decidir por comprar um eReader pois assim poderei ler em óptimas condições independentemente da luz que tenha (e eu adoro ler à noite, no sossego da minha cama). Todas as fotografias que aqui apresentam foram tiradas com fraca luz, sendo apenas possível ler confortavelmente devido à presença da luz própria, anti-cansaço, do Glo.

20130415-201341.jpg

O Kobo Glo tem um sistema táctil que funciona bastante bem, embora um pouco mais lento que nos nossos smartphones mais modernos. Assim sendo, possui apenas dois botões: um para suspender/desligar; e outro para ligar e desligar a luz (na realidade existe um terceiro dentro da capa traseira para permitir fazer um hard-reset). O Kobo Glo possui também vários dicionários que funcionam melhor do que esperava, dando-nos uma informação completa sobre o termo pretendido. Com 2Gb e extensão por cartão de memória opcional, a quantidade de livros que o Glo pode levar é quase ilimitado.

20130415-201348.jpg

Este eReader tem uma funcionalidade curiosa que nos permite ver estatísticas completas dos nossos ritmos de leitura. Com uma apresentação bastante gráfica torna-se visualmente fácil de digerir toda a informação que nos é dada. Convém também dizer que este Kobo é compatível com vários formatos de ficheiros, sendo assim uma plataforma mais aberta que alguma concorrência.

Em Portugal, a Fnac juntou-se à Kobo e assim temos finalmente os seus produtos à venda em território nacional (link). Por seu lado, a Kobo abriu finalmente a loja online, acessível também do Kobo via wifi, com inúmeros títulos em Português (link). Esta disponibiliza também aplicações para computadores, smartphones e tablets, tendo assim o utilizador acesso aos seus livros e dados nas plataformas mais populares.

E agora, é tratar de ler. Muito.

1 Comentário

Filed under eReader, Opinião, Português